Funcionário vive sem folgas desde 2011 para ajudar imigrantes no Acre!


Funcionário vive sem folgas

desde 2011 para ajudar

imigrantes no Acre!

No abrigo para imigrantes em Brasileia, município de 20 mil habitantes perto da fronteira do Brasil com a Bolívia e o Peru, o coordenador da secretaria de Direitos Humanos do Acre, Damião Borges, tirava dúvidas de um grupo de haitianos quando avistou uma mulher que caminhava com dificuldade.

Com as pernas inchadas e uma barriga de oito meses de gravidez, a jovem haitiana tinha acabado de atravessar a fronteira a pé, por um longo trecho de floresta amazônica. Na rota, traçada por agentes que transportam imigrantes sem vistos, buscava evitar que policiais a apanhassem.

Damião lhe assegurou que médicos da cidade a tratariam com atenção especial. Três semanas depois, quando a jovem deu à luz uma bebê saudável, ele sugeriu batizá-la de Vitória. A mãe aceitou. “Vitória porque aquele parto foi uma vitória da vida”.Leia a matéria completa no Site: BBC Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s